I made this widget at MyFlashFetish.com.

quarta-feira, 26 de janeiro de 2011

Não somos humanos



 Não somos humanos

                   Nesses novos tempos, vemos os valores e a forma como lidamos com as necessidades mudarem ou mesmo aparecerem sem as máscaras, que encobriam seu real significado. Nossa mente tende a procurar o mais fácil, fácil para nós mesmos é claro, e sempre esquecemos que não somos os únicos a sofrer, a passar forme ou a ficar doentes, ou  até mesmo qualquer outros infortúnios que nos acontecem no decorrer de nosso dia a dia. 
                   Nos tornamos egoístas e esquecemos de olhar ao nosso redor, preocupados apenas com nosso próprio mundo e este se torna o centro absoluto de nosso universo e nos negamos a achar que estamos errados em nossos julgamentos e interpretações.
                   Estou errada? então me diga, você nota algo a sua volta? Que não seja uma pessoa bonita a cruzar o seu caminho? Uma vitrina de algo interessante sendo exposto? E se chamam a atenção algo visto como podre, feio e repugnante aos nossos olhos, nos desviamos, alongamos o caminho para não passar por perto. Agora quando o caso é a tragédia alheia, somos atraídos como moscas em torno do doce, será que minto? Digam-me qual o sentimento de ver alguém catando algo no lixo? Nossa cara é a de total repugnância, mas esquecemos de ver que, se essa pessoa está no lixo, é por desespero, a ordem é sobreviver. Mas para você, isso é apenas um obstáculo em seu caminho, alguém que lhe tirou alguns segundos de coisas que realmente lhe interessa. Já pensou em mudar essa situação e tomar uma atitude solidária, consciente do meio em que vive?



                  Sempre me pergunto quando deixamos de ser-mos humanos
.
Betânia Uchôa

1 comentários:

Flor disse...

Por isso, amigapoeta, não deixo de passar valores morais - sem ser pudica - para as crianças e jovens:o cuidado com a natureza, a tolerância com as pessoas, o primar pela qualidade de vida, com equilíbrio, a alimentação saudável...e acima de tudo a SOLIDARIEDADE.E tenho esperança em um futuro melhor, com paz e fraternidade, em um planeta de regeneração.Bj, Semíramis